Teste de Rorschach - Definição, Conceito e O que é

No campo da psicologia, todos os tipos de testes são utilizados para avaliar diferentes aspectos do ser humano, como inteligência, motivação ou memória. Se se trata de avaliar a personalidade, um dos mais utilizados e reconhecidos é o teste de Rorschach.

Ideia fundamental da proposta

Com esse tipo de avaliação, pretende-se ter uma idéia global da personalidade do indivíduo. A partir de algumas imagens com aparência indefinida ou manchada, a pessoa que as observa deve interpretar o que elas estão vendo nelas..

O observador projeta suas idéias e sentimentos nas imagens e essa projeção permite ao psicólogo avaliar o tipo de personalidade do indivíduo avaliado..

Aqueles que usam essa técnica no campo da psicologia afirmam que quando alguém observa uma imagem ambígua e sem um sentido aparente, ele põe sua mente a trabalhar para fornecer significado ao que está observando. Isso implica que quando alguém é perguntado o que vê em uma mancha, sua resposta expressa como ele se vê.

No desenvolvimento do teste, é importante que o indivíduo que observa as imagens expresse com sinceridade o que lhe vem à mente. Por outro lado, é necessário que o intérprete do teste seja uma pessoa com conhecimento específico sobre esse tipo de avaliação.

Em resumo, este teste expressa a aparência de um indivíduo e o que ele vê e interpreta em algumas imagens.

Uma ferramenta que revolucionou o psicodiagnóstico

O criador do teste foi o psiquiatra suíço Hermann Rorschach, que em 1915 se interessou pela nova corrente da psicologia, a psicanálise. Este psiquiatra mostrou uma série de fotos com desenhos estranhos manchados para pacientes com doenças mentais, que expressaram suas idéias e avaliações sobre eles.

Essa nova técnica tornou-se um instrumento muito útil para o psicodiagnóstico, que é uma disciplina da psicologia que se concentra no estudo do comportamento humano. Através dele é possível descrever as características psicológicas dos indivíduos.

Outros testes de personalidade

Os testes de personalidade medem uma série de variáveis, como habilidades sociais, grau de responsabilidade, neuroticismo, predisposição para mudanças e outras atitudes vitais.

O teste 16PF5 permite medir a personalidade estudando aspectos como abstração, sensibilidade, ousadia, estabilidade emocional ou autocontrole.

O teste MBTI é utilizado para identificar as inclinações e preferências dos indivíduos estudados..

Fotos: Fotolia - YakobchukOlena / Dule964