Virgem Maria - Definição, Conceito e O que é

Segundo a Bíblia, algo extraordinário aconteceu há 2000 anos: uma mulher humilde, de origem judia e chamada Maria, recebeu um anúncio do anjo Gabriel, que havia sido enviado por Deus. O anjo disse-lhe que ele teria um filho e que seu nome seria Jesus, que por sua vez era filho de Deus.

Desde então, essa mulher entrou na história como mãe de Deus e, para se referir a ela, fala da Virgem Maria..

A virgindade de Maria

Com relação à sua virgindade, deve-se lembrar que a igreja cristã primitiva entendeu que a sexualidade tinha um componente pecaminoso; portanto, a única maneira digna de Maria ser a mãe de Deus era através de uma concepção não pecaminosa e imaculada. Por essa razão, no Novo Testamento que foi escrito durante os primeiros séculos do movimento cristão, é indicado que Maria foi concebida pela obra do Espírito Santo. Essa idéia é conhecida entre os católicos como o dogma da Imaculada Conceição.

No Novo Testamento e nos Evangelhos apócrifos, há pouca informação sobre a figura de Maria.

Poucos dados sobre a vida de Maria aparecem no Novo Testamento. Dizem que ele era de Nazaré e que seus pais se chamavam Joaquim e Ana. Nos evangelhos apócrifos, são fornecidas informações complementares, especialmente sobre a educação que teve na infância e a atenção que recebeu dos sacerdotes do Templo. Apesar das informações limitadas, a figura da Virgem Maria é um dos pilares do cristianismo. Com relação ao marido, José, não há muita informação nos evangelhos, pois só se sabe que ele trabalhou como carpinteiro e que provavelmente morreu quando o filho já tinha 12 anos..

A Virgem Maria para os católicos

A Virgem Maria é, antes de tudo, a mãe de Deus e não apenas a mãe de Jesus Cristo. Nesse sentido, devemos lembrar que, segundo a doutrina católica, Deus tem três pessoas diferenciadas, pois é Pai, Filho e Espírito Santo..

Os católicos adoram Maria porque o mesmo filho, Jesus. Na tradição do Santo Rosário, são lembradas as principais virtudes atribuídas à Virgem Maria: amor a Deus, humildade, fé, castidade e obediência.

Na teologia católica, existe um ramo dedicado ao estudo da Virgem Maria, a mariologia.

Segundo a perspectiva dos católicos, a devoção à Virgem Maria se baseia na relação direta que ela teve com Jesus Cristo, a segunda pessoa da Santíssima Trindade..

A oração dos católicos dirigida à Virgem Maria expressa um profundo desejo: que a mãe de Jesus Cristo interceda pelos homens diante de Deus.

Fotos: Fotolia - thauwald / Renáta Sedmáková