Significado do Modernismo

O que é o modernismo:

Como modernismo é chamado, em geral, o gosto ou predileção pelo mais novo, desprezando o acima ou o passado.

Etimologicamente, o termo é formado a partir da palavra moderna, do latim modernus, O que significa 'recente' e o sufixo -ism, que indica 'movimento'.

Nesse sentido, o modernismo se refere ao movimento artístico que ocorreu entre o final do século XIX e o início do século XX. Caracterizou-se por romper as tendências dominantes do momento, associadas ao passado e ao atraso, renovando e modernizando o pensamento humano em suas expressões filosóficas, artísticas, literárias e religiosas.

Modernismo na arte

As quatro estações, Alfons Mucha, 1896

Na arte, o modernismo foi uma corrente artística de renovação que ocorre entre o final do século XIX e o início do século XX. Coincide com o final do século, período conhecido como belle époque ou "tempo bonito".

Sua intenção fundamental era criar uma nova arte, que declara liberdade e modernidade em relação a correntes antigas, como realismo e impressionismo.

Como tal, o modernismo artístico caracterizou-se por sua inspiração na natureza, pelo uso da linha curva, pela estilização de formas, pela sensualidade e pelo uso de motivos exóticos. Foi considerada uma das primeiras artes decorativas universais.

Dependendo do idioma, ele se encontrou com nomes diferentes: art nouveau em francês, jugendstil em alemão e estilo moderno em países de língua inglesa.

Veja também Correntes artísticas.

Modernismo na literatura

Na literatura, o modernismo foi um movimento literário que se desenvolveu, principalmente entre 1890 e 1910, na América Latina e na Espanha. Originalmente, a denominação modernista continha uma certa nuance depreciativa.

O modernismo na literatura se propôs a renovar a poesia e a prosa em termos formais. Caracterizou-se pela preciosidade no uso da linguagem, na busca da perfeição formal e no uso de imagens de natureza plástica. Ele enfatizou os sentidos e as cores, englobava uma sensibilidade cosmopolita e um gosto pelo exótico, mitologia e erotismo.

Os tópicos que ele abordou podem variar de melancolia e tédio à vida, vitalidade e amor. O início do modernismo é geralmente observado na publicação dos poemas Azul de Rubén Darío (1888).

Veja também Correntes literárias.

Modernismo na religião

Na religião cristã, como modernismo foi chamado o movimento religioso de caráter intelectual que, no final do século XIX, propunha a melodia da doutrina de Jesus Cristo com os tempos que corriam em termos filosóficos e científicos.

Nesse sentido, afirmou que os conteúdos religiosos não precisavam ser lidos à risca, mas favoreciam uma interpretação subjetiva e sentimental deles, de acordo com a história..

Portanto, era um movimento fundamentalmente renovador e reformador da instituição da Igreja, e que era visto na época como um movimento herético, pois pretendia transformar o legado sagrado de Jesus Cristo..

Veja também

Características do modernismo