Tipos de violência

Violência é a ação e o efeito de exercer força sobre outra pessoa, física ou moralmente, agindo contra o estado natural das coisas..

Atualmente, são abundantes as pesquisas que ajudam a entender melhor o fenômeno da violência entre seres humanos. O conhecimento dessas informações permite, em alguns casos, estabelecer medidas de reeducação pessoal e cidadã, prevenção ou correção. Em outros, dificilmente permitirá a aplicação de penalidades, de acordo com o grau de violência alcançado.

Vamos ver abaixo quais são os principais tipos de violência que os especialistas conseguiram identificar.

Violência segundo a mídia

Violência psicológica

A violência psicológica é aquela que produz danos emocionais, morais e psicológicos à pessoa sem força física, o que reduz sua auto-estima. Por exemplo: culpar, ameaçar, coagir, espionar, ignorar o outro, desacreditar o outro, assediar, assediar, isolar, desrespeitar a opinião, etc. Inclui agressão verbal por insultos e desqualificações.

Violência física

Refere-se a todas as formas de violência que usam força física e causam dor, danos, feridas e até privação de vida: empurrar, bater, arrancar cabelos, queimar, torturar, mutilar, machucar, etc..

Violência sexual

É essa violência que denigra a integridade sexual de uma pessoa, haja contato genital ou não. Entende-se que a integridade foi violada toda vez que a vítima não dá o seu consentimento expresso. A violência sexual inclui: coerção, ameaças, intimidação e uso da força, estupro, assédio, abuso, exploração sexual, tráfico de pessoas, prostituição forçada, etc..

Violência econômica ou econômica

É a violência exercida contra uma pessoa (especialmente de homens para mulheres), na qual seus direitos econômicos são violados pela interrupção da posse ou propriedade de sua propriedade, bem como por roubo, destruição deliberada e retenção de ativos, ferramentas de trabalho, documentos pessoais, ativos e valores.

Violência simbólica

Refere-se ao uso desses símbolos que denotam superioridade do vitimador sobre a vítima e que expressam domínio da força.

Violência segundo a modalidade

Violência política ou institucional

É violência política qualquer prática de ator político (indivíduo ou partido), que condiciona o acesso do cidadão aos seus direitos e responsabilidades à sua adesão política (patrocínio).

Violência institucional significa todos os atos cometidos por funcionários públicos que, em nome do Estado, atrasam, dificultam e interferem nos direitos dos cidadãos, especialmente quando impedem o acesso à justiça, seja por negligência, corrupção, preconceito racial e sexo ou por clientelismo.

Violência no local de trabalho

É a violência (psicológica, física ou sexual) exercida no local de trabalho de uma pessoa. Essa violência pode vir de qualquer assunto, independentemente da hierarquia: por exemplo, um superior ou colegas de trabalho. Quando se trata especificamente de um superior ou de uma pessoa com voz de comando, considera-se que há “abuso de poder” com o objetivo de quebrar a vontade do trabalhador no exercício de suas funções..

Violência doméstica, familiar ou intrafamiliar

Refere-se à violência infligida dentro do grupo familiar, que inclui casais de fato ou legalmente estabelecidos. A violência pode ser de homem para mulher, de pais para filhos, e também pode envolver outros atores, como tios, avós ou parentes. Embora a violência entre parceiros seja geralmente de homem para mulher, o oposto também é o caso.

Veja também Violência familiar.

Violência de gênero

Essa é a violência exercida sobre a pessoa por causa de seu sexo. A maioria das vítimas desse tipo de violência são mulheres, cujo abuso é absolutamente naturalizado na cultura. As vítimas também incluem membros da comunidade LGBT. A violência de gênero pode variar de desqualificação a feminicídio, caso em que se qualifica como crime de ódio.

Veja também:

  • Violência de gênero.
  • Feminicídio.

Violência racial

A violência racial é aquela que corre contra uma pessoa por causa de sua etnia. Também está relacionado à xenofobia. Esse tipo de violência é exercido por um agressor que acredita na superioridade de sua raça.

Bullying e cyberbullying

Bullying é uma palavra que vem do bully inglês, que significa 'intimidação'. Hoje é usado para se referir ao assédio psicológico e físico que uma pessoa sofre no ambiente estudantil por seus colegas.

Fala-se em cyberbullying quando esse assédio é feito por meio de redes sociais, em que atinge altos níveis de violência psicológica aprimorada pelo anonimato da internet.

Veja também:

  • Bullying.
  • Violência.