Significado de Zopenco

O que é o Zopenco:

Zopenco É um adjetivo e um substantivo coloquial que tem sua origem na palavra latina zopo. Zopenco é uma palavra que caracteriza uma pessoa ignorante, que ignorar, que não sabe nada ou quem não conhece se torna, que não tem educação, o que é estúpido, burro, desajeitado ou lento para aprender, idiota, tolo e mostra falta de conhecimento, conhecimento, inteligência, cultura e competência. Alguns sinônimos da palavra zopenco, além dos anteriores, são: zoquete, tarugo, mentecato, bream, kestrel, gross, gross, rough, rough, zote, memorando, etc. Alguém que não é um bandido, é esperto e esperto.

Freqüentemente, a palavra zopenco é usada como um insulto, embora em alguns casos não tenha esse senso pejorativo, mas também pode ser a qualidade de alguém inocente e ingênuo. Essa palavra também se refere a alguém que não sabe ou não sabe nada por não ter estudado a respeito ou que exibe comportamento rude, rude, oprimido ou grosseiro e não civilizado.

Uma pessoa zopena é uma pessoa ignorante, mas há uma diferença entre agir por ignorância e agir por ignorância. Alguém que age por ignorância age por falta de conhecimento, é forçado e é uma ação involuntária. Alguém que age na ignorância age de maneira não civilizada e voluntária.

A pessoa ignorante (ignorante em inglês) vive ou age de acordo com a ignorância, muitas vezes baseando sua vida em preconceitos e preconceitos, superstições e idéias sem fundamento. Dessa maneira, um mundo falso é construído com idéias falsas sobre ele e o mundo ao seu redor. Esse modo de viver e pensar no indivíduo ignorante o incapacita de ver e aceitar as verdades e o impede de adquirir conhecimento..

O influente filósofo grego Aristóteles disse: "O ignorante afirma, a sábia dúvida, o sensível reflete". Essa afirmação mostra que um dos fundamentos ou bases para a aquisição de conhecimento é ter dúvidas. Em caso de dúvida, existe uma vontade de estudar, investigar, pensar em um tópico ou assunto específico. É isso que uma pessoa sábia e sensata faz. Alguém que pensa que sabe tudo, não tem motivação para aprender, crescer e evoluir, e revela, acima de tudo, uma atitude ignorante. Como diria o sábio filósofo Sócrates: "Só sei que nada sei". Somente alguém que não é ignorante é capaz de fazer tal afirmação.