Significado do voto

O que é a votação:

Votar é o agir por meio do qual uma pessoa expresse sua opinião ou preferência, de maneira pública ou secreta, sobre um assunto ou proposta, em uma reunião, um órgão de deliberação ou uma eleição.

Nos sistemas democráticos, A votação é um direito fundamental. Através da votação, os cidadãos têm a possibilidade de expressar sua vontade designando as autoridades políticas que melhor representam suas idéias, interesses ou valores.

Mas votar não é apenas um direito, mas também uma grande responsabilidade, pois, ao fazê-lo, expressamos nossa simpatia, descontentamento ou desaprovação a uma proposta e participamos ativamente das decisões que marcam a direção de nosso país ou comunidade. Além disso, ao votar, colaboramos com o apoio e a legitimidade do sistema democrático.

Você vota em várias situações. Em uma reunião, em uma assembléia, em uma eleição, para a aprovação de uma lei. Mesmo em grupos de pessoas, a dinâmica do voto pode ser aplicada na tomada de decisões.

Veja também Quorum.

Na religião, por outro lado, votar pode se referir a um apelo ou súplica a Deus ou aos santos; faça uma oferta por um benefício recebido, ou faça uma promessa por devoção ou a pedido de uma certa graça.

Da mesma forma, a votação pode se referir a prestar juramentos ou execrar para mostrar um sentimento de raiva.

Às vezes, voto pode ser confundido (mesmo com humor) com o verbo saltar, o que significa jogar algo ou jogá-lo fora.

A palavra, como tal, vem do latim votāre, o que significa "fazer votos, ofertas ou promessas religiosas". Este verbo, por sua vez, deriva de votum, que originalmente designava uma oferta ou promessa religiosa feita aos deuses. Posteriormente, ele assumiu sua conotação política.

Maneiras de votar

Existem diferentes maneiras de votar de acordo com a intenção com a qual fazemos. Se votarmos diretamente em uma opção que gostamos, com a qual nos identificamos ou concordamos, faremos uma voto positivo.

No entanto, se votarmos em branco, sem optar por uma opção ou alternativa, mas apenas para não parar de participar, emitiremos um voto nulo.

Outra maneira de expressar nossa opinião sobre o poder de votar é não vota, ou seja, abster-se, que nada mais é do que um caminho passivo e nada adequado para expressar aos cidadãos seu descontentamento em relação ao sufrágio ou ao processo eleitoral em geral.