Significado de Tirania

O que é tirania:

Um tirania é um governo exercido por um tirano. Como tal, é uma forma de governo caracterizada por quem a exerce goza de poder total ou absoluto, não limitado por lei, e se comporta de maneira autoritária e despótica. A palavra vem do grego τυραννία (tirania).

No Grécia Antiga, os tiranos governaram, sobretudo, entre os séculos VII e VI a. C. O termo pode até adquirir corantes positivos quando é tirano apreciado pelo povo.

Atualmente, tiranos podem acessar o poder por meios legais, por vitória em eleições democráticas, ou pela força, através de golpes.

Os tiranos são geralmente populistas e demagogos, que enviam à vontade, sem respeito pelas leis, incorrendo em muitos casos a violação das liberdades individuais. Por isso, é comum que o conceito de tirania seja atribuído a governos que se caracterizam por serem fortemente demagógicos e arbitrários..

Veja também Tirano.

Atualmente, a tirania pode ser sinônimo de ditadura, autocracia, despotismo, autoritarismo ou totalitarismoou.

Como a tirania, por outro lado, pode ser chamada de abuso que, em grau extremo, uma pessoa de qualquer poder ou superioridade: "No ministério, eles lidam com os assuntos dos cidadãos com tirania"..

Em sentido figurado, por outro lado, diz-se que a tirania é o domínio excessivo que uma paixão exerce sobre a vontade de uma pessoa: "Está sob a tirania do orgulho"..

Veja também Autocracia.

Tirania segundo Aristóteles

A tirania, segundo Aristóteles, é o pior regime político, pois é a degradação da monarquia que resulta de uma mistura dos vícios da oligarquia e demagogia. Além disso, para o filósofo, a tirania é o governo de uma única pessoa (o tirano), cujo único objetivo é o seu interesse pessoal. Os tiranos, então, na opinião de Aristóteles, foram principalmente demagogos, que conquistaram o favor do povo pela difamação dos notáveis