Significado de Tecolote

O que é o Tecolote:

Tecolote é o nome nahuatl de um tipo de coruja, família noite ave de rapina Strigidae, pertencente à ordem dos pássaros estrigiforme. Esse nome é frequentemente usado em países como México, Honduras, El Salvador e Guatemala. A palavra em inglês para definir tecolote é coruja.

A coruja tem a peculiaridade de poder girar a cabeça até 270º para observar algo ao redor, enquanto o resto do corpo permanece sem o menor movimento. A grande capacidade de visão e audição torna as corujas ou mestres corujas caçadoras.

Uma das espécies mais conhecidas é a coruja-buraqueira, que recebe esse nome porque vive em buracos no solo. Muitas vezes, a coruja-buraqueira usa um buraco feito por outro animal que a abandonou, apesar de poder cavar seu próprio buraco.

Nos países de herança Nahuatl, o termo tecolote é frequentemente aplicado ao pai ou mãe que destaca com algum exagero as qualidades dos filhos. Estende-se a outros parentes, como tios, avós e outros.

Diferença entre coruja, coruja e coruja

De acordo com sua taxonomia, corujas e corujas fazem parte da ordem de estrigiforme, isto é, pássaros que têm olhos grandes, capazes de enxergar no escuro, garras para capturar suas presas e plumagem macia.

No entanto, cada um responde a uma família diferente: as corujas vêm da família Tytonidae e as corujas da família Strigidae.

As corujas têm penas que lembram orelhas na cabeça, enquanto as corujas não. Além disso, as corujas são maiores que as corujas. As corujas têm faces achatadas, enquanto as corujas as têm arredondadas. Os olhos das corujas são amendoados, enquanto os olhos são redondos.

Quanto às corujas e corujas, pode-se dizer que a coruja é uma variedade de corujas. No entanto, hoje o termo tecolote é usado alternadamente para nomear todas as aves estrigiformes, independentemente da família de origem.

Veja também Taxonomia.

Significado simbólico da coruja ou coruja

Devido à sua capacidade de ver no escuro, diferentes culturas atribuem o significado de mistério, inteligência, sabedoria e conhecimento.

Os gregos consideravam a noite um momento propício para a reflexão filosófica. Por causa de seu animal noturno característico, eles viam a coruja como um símbolo da busca pelo conhecimento. Portanto, na mitologia grega, Atena, a deusa da sabedoria, é representada ao lado de um tecolote.

Havia uma tradição que dizia que quem come carne tecolote adquire seus dons de previsão e clarividência, mostrando poderes divinatórios.

Em algumas culturas, as corujas estão associadas a maus presságios devido ao fato de aparecerem e se manifestarem à noite.

Hoje a coruja é o mascote de Scouts e das carreiras universitárias de Filosofia, Pedagogia e Literatura.

Veja também:

  • Reino animal.
  • Saberia.