Solenóide

O que é o solenóide:

O solenóide é uma bobina de material condutor laminado que opera através de campos eletromagnéticos para a abertura ou fechamento de uma válvula.

O solenóide é uma espiral de um material condutor que tem a capacidade de gerar um campo magnético através da aplicação de uma corrente elétrica no interior. Portanto, solenóide é sinônimo de eletroímã ou válvula solenóide.

O uso mais comum de solenóides está no controle da abertura e fechamento de uma válvula para passagem de gases (sistemas pneumáticos) ou líquidos (sistemas hidráulicos), como em aparelhos de ar condicionado, ressonância magnética (RM), em veículos motorizados, portas eletromagnéticas, alto-falantes e microfones.

A abertura ou fechamento da válvula solenóide é baseada nos impulsos eletromagnéticos do solenóide que atraem, por sua força magnética, o pistão ou cilindro em direção ao centro da bobina, operando ou abrindo a válvula.

Solenóide em biologia

Em biologia, o solenóide refere-se à estrutura quaternária dos níveis de estruturas de DNA que consistem no enrolamento de um conjunto de nucleossomos. O solenóide, por sua vez, também se enrola formando cromatina: a substância do núcleo celular.

Veja também DNA.

Solenóide de partida

A operação de um solenóide na partida de um motor de veículo, por exemplo, usa o princípio da aplicação da corrente elétrica para criar impulsos eletromagnéticos através do carregamento de uma bateria.

Os solenóides podem trabalhar com corrente alternada (CA) ou corrente contínua (CC), com tensões diferentes para aumentar ou diminuir sua potência e aplicar diferentes durações em seu ciclo operacional.

Os solenóides não servem para regular fluidos, pois não são capazes de calcular, limitar ou filtrar quantidades específicas de gás ou líquido; portanto, servem apenas para controlar a passagem desses gases ou líquidos, por exemplo, na partida de um motor.