Significado da Regra 3 R (Reduzir, Reutilizar, Reciclar)

Qual é a regra 3 R (reduzir, reutilizar, reciclar):

A regra 3 R é uma proposta para reduzir o impacto das atividades humanas no meio ambiente, seguindo três etapas: reduzir, reutilizar e reciclar resíduos.

Com essa série de ações, pretende-se criar hábitos de consumo responsáveis ​​que contribuam para otimizar o uso dos recursos disponíveis e, por sua vez, reduzir a pegada de carbono (a quantidade de gases gerados como resultado da ação humana).

A regra 3 R foi proposta pela primeira vez em 2004 pelo primeiro-ministro do Japão, Koizumi Junichiro, na cúpula do G8, incluindo Canadá, Rússia, Estados Unidos, Alemanha, Itália, França, Reino Unido e Japão..

Reduzir

Também conhecida como minimização de resíduos, é a ação de reduzir, simplificar ou eliminar o consumo e / ou uso de bens ou energia. Também se refere às políticas criadas para executar esta ação individual ou coletivamente.

Se os produtos que usamos diariamente e o uso de certos tipos de combustíveis geram resíduos que impactam negativamente o meio ambiente, é fácil deduzir que, ao reduzir seu consumo, os danos que causam diminuem..

Algumas estratégias concretas para a redução de resíduos seriam:

  • Reduza ou elimine completamente o uso de bens ou produtos de uso único, como embalagens. Uma ação nesse sentido poderia ser escolher um produto que tenha uma quantidade maior, em vez de várias porções menores, como bebidas engarrafadas ou papelão.
  • Use aparelhos ou dispositivos elétricos aproveitando sua capacidade. Nesse sentido, é recomendável usar a lavadora e secadora com a carga total, em vez de várias cargas. Isso ajuda a reduzir o uso de energia e também a prolongar a vida útil dos dispositivos.
  • Reduza o uso de energia e outros recursos. Algumas práticas fáceis de aplicar seriam desligar ou desconectar dispositivos que não estão sendo usados, não deixar a torneira aberta ao usar a pia, lavar o carro com baldes de água em vez de uma mangueira, etc..
  • Minimize a emissão de gases poluentes. Essa é uma das estratégias mais importantes, principalmente nos países industrializados, pois geram mais gases. Políticas para reduzir a emissão de gases em grandes indústrias e campanhas para promover a diminuição no uso de automóveis são algumas ações representativas.

Reutilizar

Como o nome indica, essa ação tem a ver com a nova utilização de produtos ou mercadorias, com a mesma finalidade para a qual foram projetadas ou com outra. Ao fazer isso, a quantidade de resíduos gerados é reduzida.

O exemplo mais comum dessa estratégia é a reutilização de garrafas de plástico ou vidro que podem ser convertidas em objetos utilitários ou decorativos. O mesmo se aplica a móveis ou objetos feitos de madeira ou metal, que são reparados para criar novas peças a partir deles..

Nos últimos anos, algumas empresas adotaram formal ou informalmente a regra de reutilizar papel impresso apenas em um lado. Dessa forma, são utilizados os dois lados das folhas, reduzindo não apenas o desperdício, mas também as despesas operacionais.

Reciclar

A ação de reciclagem consiste em processar os resíduos para convertê-los em matéria-prima ou novos produtos.

Embora em muitos casos o lixo completo possa ser reciclado (caixas, garrafas, bolsas, embalagens, vidro, matéria orgânica etc.), às vezes apenas parte dos componentes do produto pode ser usada.

O uso total ou parcial de um bem já utilizado diminui o impacto ambiental, evitando a incineração de resíduos, a poluição da terra e da água gerada pelo acúmulo de substâncias tóxicas e o uso de energia na criação de novos produtos.

Atualmente, muitas empresas dedicadas ao setor de consumo de massa usam materiais recicláveis ​​nas embalagens de seus produtos..

Enquanto nas grandes cidades, a questão dos resíduos já é tratada com critérios de reciclagem, razão pela qual eles geralmente possuem contêineres públicos que permitem aos cidadãos fazer uma separação adequada dos materiais, a saber:

  • Recipiente amarelo: recipientes de plástico e latas.
  • Recipiente verde: papel e papelão.
  • Recipiente azul: vidro (exceto lâmpadas, frascos de medicamentos, pratos ou copos)
  • Recipiente marrom: resíduos orgânicos biodegradáveis: plantas ou flores, restos de comida, cascas de frutas, etc..
  • Recipiente vermelho (resíduos perigosos): baterias, telefones celulares ou componentes, óleo e seringas para veículos.