Significado de Raciocínio

O que é raciocínio:

O raciocínio é o processo intelectual e lógico do pensamento humano. O raciocínio fornece argumentos sobre as conexões mentais incorridas que justificam um certo pensamento.

A palavra raciocínio vem do latim proporção o que significa razão, juntamente com o sufixo -Eu sinto o que indica o resultado de algo.

Na filosofia, o raciocínio está intimamente ligado à lógica. O raciocínio usa a lógica para criar um processo intelectual com as premissas ou dados já conhecidos e comprovados para deduzir ou inferir dados que não são conhecidos para chegar a uma conclusão. Isso é chamado raciocínio lógico.

O raciocínio, portanto, é a inferência ou dedução de informações através de premissas para chegar a uma conclusão. Existem vários tipos de raciocínio, como o dedutivo e o indutivo.

Veja também:

  • Argumento
  • Pensando

Raciocínio dedutivo

O raciocínio dedutivo considera que a conclusão está implícita nas premissas. Se as premissas e o raciocínio dedutivo forem válidos, considera-se a conclusão correta.

O método dedutivo, por outro lado, é um método científico que usa o raciocínio dedutivo para chegar a conclusões científicas. No método dedutivo, as conclusões derivam de uma lei geral ou premissas gerais que não estendem o conhecimento.

Por exemplo, se tivermos as seguintes premissas:

  • Frutas contêm vitamina C.
  • Laranja é uma fruta.

O raciocínio dedutivo seria: Laranja contém vitamina C.

Esse tipo de raciocínio é considerado um Raciocínio matemático desde que ele usa lógica matemática em suas conclusões.

Raciocínio indutivo

O raciocínio indutivo facilita Obter uma conclusão geral através de premissas específicas. O raciocínio indutivo chega a uma conclusão provável.

Quando o método indutivo é usado na pesquisa científica, a experiência de observar os fatos é mais importante que a lógica ou dedução do raciocínio dedutivo. As etapas do método indutivo são:

  • Observação e registro dos fatos,
  • Análise e classificação de fatos,
  • Raciocínio indutivo de uma generalização a partir dos fatos,
  • Contraste

Por exemplo, com as seguintes premissas:

  • Fernando tem quatro filhos: Rafael, Antonio, Ricardo e José.
  • Rafael é um músico.
  • Antonio é um músico.
  • Ricardo é músico.
  • José é músico.

O raciocínio indutivo completo seria: Todos os filhos de Ana são músicos.

O raciocínio indutivo incompleto seria: Fernando é músico.

Veja também:

  • Razão
  • Lógica