PVC

O que é PVC:

PVC significa "Cloreto de polivinila" em espanhol "Policloreto de vinila", que é um plástico que resulta do cloreto de vinil. O PVC também é conhecido como vinil.

O PVC é obtido pela combinação de etileno e cloro. O PVC pode ser produzido em estado rígido ou plastificado, além de ser um material com diversas utilizações, devido à sua compatibilidade com outras substâncias que podem ser misturadas para produzir produtos com características determinantes..

O PVC é descrito como sendo flexível, resistente, resistente, estável, inerte, econômico, com alto valor energético. Também é um produto termoplástico porque, quando submetido ao calor, torna-se macio e pode ser facilmente moldado e, quando resfriado, recupera sua solidez sem perder a nova aparência e é um produto reciclável por diferentes métodos.

Veja também Inerte.

Em relação ao PVC, os especialistas difamam o uso, porque a produção do material implica a manifestação de gases poluentes e a formação de águas residuais. No entanto, o uso de agregados para dar ao produto várias propriedades, bem como a inalação de cloreto de vinila, pode ser a causa de doenças do fígado e câncer.

Para que serve o PVC?

Na área industrial, existem 2 tipos de PVC: o rígido É usado em contêineres, tubos, janelas, caixas de bateria anticorrosivas e, misturado com ABS, você obtém peças pré-moldadas, como: coberturas de painel de instrumentos e, a flexível é usada em cabos, brinquedos, sapatos, pulsos, revestimentos internos, entre outros.

Pressão venenosa central (PVC)

Pressão venosa central define a pressão arterial na veia cava superior localizada perto do átrio direito do coração. A pressão venosa central mostra a quantidade de sangue retornando ao coração e a capacidade do coração de bombear sangue para o sistema arterial; nesse caso, a pressão venosa central define a pré-carga ventricular.

Tomar pressão venenosa central tem como objetivo avaliar o estado hemodinâmico do coração direito, além de revelar anormalidades cardíacas e alterações da colemia.

Em relação ao exposto, os fatores que aumentam o PVC são: hipervolemia, expiração forçada, pneumotórax hipertensivo, insuficiência cardíaca, derrame pleural, baixo débito cardíaco. Da mesma forma, os fatores que diminuem o PVC são: hipovolemia e inalação profunda.