Praxis

O que é a Praxis:

A palavra praxis vem do grego e é traduzida como 'ação' ou 'prática'. Geralmente é usado no campo profissional e acadêmico para se referir à passagem da especulação para a prática ou para a relação dialética entre os dois conceitos, respectivamente.

O termo práxis, nesse sentido, está vinculado à palavra teoria, como oposição ou como princípio complementar..

De acordo com a escola do pensamento ou o campo em que é usada, a práxis pode ser entendida de duas maneiras:

  • como a materialização da especulação teórica (por exemplo, prática profissional);
  • como prática concreta da vida histórica (ações, decisões, movimentos etc.) a partir da qual é gerada teoria, isto é, quadros de interpretação da realidade que permitem sua transformação.

No primeiro caso, a práxis valida o conhecimento; no segundo, a práxis gera conhecimento, portanto, possui ação transformadora na vida do homem e da sociedade. Este último sentido é aquele que se aproxima da filosofia da práxis Marxista.

Práxis na filosofia

No campo das ciências humanísticas e sociais, fala-se em filosofia da práxis para se referir às escolas marxistas de pensamento e outras escolas posteriores que não apenas repensam a relação entre teoria e práxis, mas fazem da práxis sua categoria fundamental.

De acordo com alguns pesquisadores, Karl Marx foi o primeiro a considerar, do ponto de vista filosófico, o fato de que a práxis determina a atividade teórica e não o contrário, de modo que a observação e o estudo das práticas sociais são o que permite gerar corpos teóricos com base nas variáveis ​​materiais da história e com vistas à transformação.

Em um artigo intitulado "A filosofia da práxis como uma nova prática da filosofia", o pensador Adolfo Sánchez Vázquez argumenta que o marxismo:

  • rejeita que o problema fundamental da filosofia seja a relação entre matéria e espírito (ontologia);
  • recusa ser visto como uma nova prática teórica (epistemologia) e finalmente,
  • nega basear-se em um conceito abstrato de homem (antropológico-humanista).

A partir daí, Sánchez Vázquez explica que a filosofia da práxis "trata de transformar o mundo (projeto ou fim) com base em uma crítica e no conhecimento do existente" (Cadernos Políticos, número 12, época editorial, México, DF, abril-junho de 1977).

Veja também:

  • Marxismo.
  • Teoria.
  • Epistemologia.

Práxis na educação

O termo práxis educacional refere-se a uma abordagem de ensino que concebe a educação como um fazer não limitado à institucionalidade.

Isso implica que se, por um lado, reconhece a autonomia do ensino, por outro, entende que a educação está inserida no tecido da práxis social e, portanto, não apenas se deixa transformar pela realidade, mas deve transformá-la..

Práxis em psicologia

No campo da psicologia, uma abordagem da análise psicológica nascida no México na segunda metade do século XX é conhecida como a teoria da práxis, que inclui a práxis como um fenômeno abrangente, isto é, que implica todos os tipos de atividades humanos, inclusive psicológicos, como a capacidade de sonhar, imaginar, lembrar, memorizar ou refletir.

Assim, a teoria da práxis rejeita a abordagem de valor da práxis, que reduz o conceito a mera prática empírica, congruência teórico-prática ou ações revolucionárias de transformação histórica.

Prática profissional

Fala-se em práxis profissional para se referir ao processo pelo qual um profissional coloca em prática os princípios teóricos estudados ao longo de sua formação. Por exemplo, prática médica, prática legal, etc..

Prática ruim

Malversação refere-se a erros de ação, omissão, negligência ou negligência cometidos por um profissional no exercício de sua profissão, que causam danos às pessoas que recebem seus serviços (clientes, pacientes, estudantes, etc.).

A medicina é a profissão mais exposta a esse respeito e, portanto, a expressão negligência médica é frequentemente ouvida..

No entanto, a má prática também é observada em carreiras nas quais um erro profissional pode afetar a vida das pessoas. Por exemplo, direito, psicologia, contabilidade, engenharia civil, arquitetura etc..

De qualquer forma, e especialmente na medicina, negligência traz responsabilidade profissional civil e criminal.

No caso muito particular da prática médica, um ato de negligência pode variar de erros de medicação a danos físicos durante a cirurgia, o que pode levar a problemas de saúde irreversíveis ou até a morte..

Prática moral e ética

Assim como existe uma prática profissional, cujo nível de atuação é qualificado e, a partir disso, é gerada uma responsabilidade civil e legal, também existe a prática nos campos da ética e da moral..

A práxis moral e ética decorre da capacidade de um indivíduo discernir entre o que pode ser feito porque é aceito pela sociedade e o que não pode ser feito porque causa danos colaterais aos indivíduos ou ao grupo social.

Veja também Ética e moral.