Significado da Pós-modernidade

O que é pós-modernidade:

A pós-modernidade é um movimento artístico, filosófico e histórico que nasceu no final do século XX como uma busca por novas formas de expressão focadas no culto ao individualismo e na crítica ao racionalismo.

A pós-modernidade ou o pós-modernismo como movimento artístico, incorpora as tendências de vanguarda anteriores em uma estética atual que reflete o caos gerado pela revolução da informação e tecnologia em que vivemos hoje.

Como corrente filosófica, o pós-modernismo busca novas formas de pensar focadas no crescimento do indivíduo através do uso da tecnologia. Caracteriza-se por criticar as correntes de pensamentos antigos que são consideradas ultrapassadas, como o positivismo e o racionalismo..

Como período histórico, o pós-modernismo abrange do final do século XX até hoje, portanto, sua definição exata ainda é difusa e no processo de definição.

Características pós-modernidade

A pós-modernidade envolve características que dependem do escopo em que são aplicadas. Por exemplo, na arquitetura é apresentado como o resgate da maneira que o modernismo rejeita; na filosofia, é definido como um niilismo moderno, ou seja, os valores obsoletos e na educação, tecnologia e inovação são validados para a geração de um homem auto-suficiente e independente.

Apesar dessas diferenças que podem ser contraditórias, a pós-modernidade possui características comuns e transversais descritas abaixo:

  • É anti-sexualista: criticam a dualidade que os conceitos definidos no passado criaram, deixando muitos significados fora do campo do conhecimento. Dessa forma, a pós-modernidade defende a diversidade e o pluralismo.
  • Pergunta textos literários e históricos: afirmam que os autores dos textos carecem de objetividade e deturpam a verdade para refletir idéias pessoais.
  • Afirme que a verdade não é universal: a linguagem é considerada a chave da verdade e é a única coisa que molda o pensamento humano; portanto, a verdade depende do contexto e é questionável. Existe apenas percepção.
  • Avalie o formulário no conteúdo: como e o que a mensagem transmite é mais importante que a própria mensagem.
  • Defender a hibridação e a cultura popular: todas as formas de conhecimento e conhecimento são válidas. A distorção da fala não tem limites nas áreas do conhecimento.
  • O presente é a única coisa que importa: buscam o imediato, pois o passado e o futuro não estão nas mãos do indivíduo.
  • Revalorizar a natureza: eles se preocupam com as conseqüências do desenvolvimento industrial e exigem que as ciências modernas se limitem a gerar conhecimento universal válido.

Arte pós-moderna

Mona Lisa com foguete de bazuca, Banksy, 2010.

A arte pós-moderna é considerada um movimento artístico que começa no final do século XX, em oposição ao modernismo ou art nouveau.

Também chamada pós-modernidade, essa tendência está se formando nos anos 70 e desenvolvida nos anos 80, inspirada e usando as técnicas desenvolvidas na história da arte, apresentando a arte através de uma estética atual..

A arte pós-moderna é caracterizada pela quebra da linearidade que definia as correntes de vanguarda ou a vanguarda da moda de tempos em tempos. A arte pós-moderna é definida como o movimento que põe fim à vanguarda, como definido por Rudi Fuchs em 1982.

Devido à revolução da informação e ao surgimento da tecnologia, a arte pós-moderna reflete a complexidade e o caos da sociedade atual, usando objetos e imagens da cultura popular e intervindo em obras clássicas.

A arte pós-moderna faz parte da arte contemporânea, sendo algumas de suas correntes as seguintes:

  • Arte pop
  • Arte abstrata
  • Arte conceitual
  • Minimalismo
  • Expressionismo abstrato
  • entre outros.

Pós-modernidade e educação

A pós-modernidade imprime nos sistemas educacionais a necessidade de mudança na influência exercida no desenvolvimento pessoal, educacional e cultural do indivíduo, valendo apenas o que tem significado funcional e imediato.

A educação pós-moderna inserida na psicopedagogia baseia-se no sistema de informação em que a sociedade está submersa. Nesse contexto, o uso da tecnologia se torna uma ferramenta fundamental para a inovação, proporcionando validade funcional e imediata do conhecimento..

Segundo o autor americano Alvin Toffler (1928-2016), a educação pós-moderna é caracterizada pelos seguintes pontos:

  • Seja interativo
  • Desenvolve-se em qualquer ambiente ou instituição
  • O processamento da informação é conversível entre diferentes meios para a conformação de sistemas mais complexos
  • Eles procuram fontes plurais de informação
  • Eles democratizam totalmente a informação
  • Eles argumentam que a informação não deve apresentar fronteiras ou diferenças

Arquitetura pós-moderna

O movimento pós-moderno da arquitetura resgata os conceitos que a arquitetura moderna elimina no início do século XX, impondo, por exemplo, a mera funcionalidade dos edifícios.

Dessa forma, a arquitetura pós-moderna retorna a importância à forma, combinando, nesse sentido, o antigo e o moderno para resolver não apenas problemas funcionais, mas também problemas sociais, econômicos, culturais e estéticos..

Pós-modernidade e modernidade

A pós-modernidade nasce como uma reação contra o racionalismo extremo da modernidade. O pensamento pós-moderno é caracterizado pelo desencanto e apatia pelo fracasso da modernidade como uma corrente renovadora de pensamento e expressão da sociedade contemporânea.

Filosofia pós-moderna

No campo da filosofia, a pós-modernidade também é definida como a filosofia da desconstrução, onde predominam os detalhes e a fragmentação do pensamento, dando ordem ao caos..

O fenômeno dos fractais, por exemplo, representa essa filosofia em que a repetição de fragmentos se assemelha à repetição de cada ser humano, mas que juntos constituem portas de entrada para o labirinto do conhecimento.

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900) é considerado o precursor do pensamento pós-moderno ao proclamar a morte de Deus, portanto, a ausência de dogmas ou valores. Nesse sentido, a pós-modernidade é considerada um niilismo moderno que não acredita na necessidade de valores sobre o indivíduo..

Entre os autores que representam a filosofia pós-moderna estão:

  • Jean Francois Lyotard: Filósofo francês que introduziu em 1979 através de seu trabalho Condição pós-moderna o conceito de pós-modernidade na filosofia, criticando o positivismo predominante, ou seja, a aplicação do método científico e do racionalismo na obtenção de conhecimento objetivo.
  • Esther Diaz: Filósofo argentino que argumenta que a pós-modernidade é um choque entre o mundo da tecnologia sofisticada que nos cerca e os discursos herdados de épocas passadas, como romantismo e racionalismo.