Significado do Pensamento Sistêmico

O que é pensamento sistêmico:

O pensamento sistêmico é um modo de análise que avalia todas as partes inter-relacionadas e que, por sua vez, compõem uma situação até uma maior conscientização dos eventos e por que.

Através do pensamento sistêmico todas as partes de um todo são estudadas. É um tipo de pensamento geralmente aplicado em estudos científicos, engenharia e administração de empresas, entre outros, como um método pelo qual um problema ou situação pode ser resolvido.

O pensamento sistêmico é composto por um conjunto de ferramentas que permitem estruturar e entender quais são as situações, das mais complexas às mais simples, e assim definir qual é a melhor maneira de responder ou resolver um problema. É uma maneira de colocar em prática as habilidades cognitivas dos indivíduos.

A origem do termo e a metodologia do pensamento sistêmico ainda são recentes, o primeiro pesquisador a nomeá-lo foi o biólogo Ludwig von Bertalanffy. Em seguida, outros pesquisadores de diversas áreas, como psiquiatria, filosofia e engenharia, seguiram, que desenvolveram e aprofundaram o termo, suas aplicações e resultados..

O filósofo Edgar Morin propôs levar o pensamento sistêmico ao pensamento complexo, pois se caracteriza por ser organizado e desenvolver habilidades que podem abordar vários problemas filosóficos, científicos e sociais.

Veja também o significado de Pensamento.

Características do pensamento sistêmico

O pensamento sistêmico é caracterizado pela determinação das partes que compõem um todo, daí sua complexidade, porque busca ir além daquelas percebidas a olho nu.

  • Você pode ter uma visão mais ampla da situação ou do problema a enfrentar, já que parte do particular para o geral.
  • É um tipo de pensamento e análise complexos.
  • Através de padrões de pensamento sistêmico, estratégias para prevenir ou enfrentar situações futuras podem ser identificadas.
  • É útil aplicar esse tipo de pensamento ao liderar uma equipe ou projeto de trabalho específico.
  • Fornece métodos e estratégias mais eficazes para enfrentar as dificuldades e entender o ambiente ao nosso redor.

Pensamento sistêmico nas organizações

Na área das organizações, o pensamento sistêmico apresenta uma visão multidisciplinar e transdisciplinar, a fim de fazer uma análise profunda e mais completa de uma empresa ou organização e, assim, determinar quais são seus pontos fortes e fracos em termos de gerenciamento e produção e quais etapas deve ser realizado para o equilíbrio.

As empresas ou organizações funcionam como um todo, consistindo em várias áreas de trabalho, que são integradas e podem até depender umas das outras, para desenvolver um bem ou serviço final.

É nisso que reside a importância do pensamento sistêmico, tendo a capacidade de entender como cada uma das partes de um todo trabalha e gerar uma solução estratégica para um problema por meio de processos que também são integradores e geram desenvolvimento estável e duradouro..

A gerência organizacional deve estar atenta a todas as áreas que compõem a empresa e propor estratégias de trabalho e desenvolvimento que se adaptem ao seu bom funcionamento, sem afetar negativamente as dos outros. A interconexão das áreas de trabalho corretamente pode garantir ótimos resultados.

Exemplos de pensamento sistêmico

O pensamento sistêmico pode ser aplicado a todas as atividades da vida cotidiana, portanto, sua principal característica é entender a importância das partes que compõem um todo..

Por exemplo, em esportes praticados em grupos, como futebol ou beisebol, é possível que um jogador se destaque mais do que outros em uma posição.

No entanto, o que importa é a sua capacidade no jogo em equipe, já que vencer ou perder um jogo dependerá não apenas de suas habilidades, mas também do trabalho e da estratégia que você faz com o resto de seus colegas de equipe..

Por outro lado, por exemplo, quando uma organização apresenta um problema na área de produção, é possível que a dificuldade surja de qualquer outra ou de outras áreas de trabalho, mas isso só se reflete no processo de produção.

Através do pensamento sistêmico, é possível realizar esses tipos de detecções, uma vez que todas as partes que compõem a organização como um todo e não separadamente são avaliadas. Uma vez determinada a situação, são estabelecidas as etapas e a estratégia a seguir para resolver o problema..