Significado de oligarquia

O que é oligarquia:

Como uma oligarquia, é chamada de sistema político ou forma de governo em que o poder está concentrado em um pequeno grupo de pessoas, geralmente pertencendo à mesma família, classe social, grupo econômico ou partido político.

Esse pequeno grupo se caracteriza por tender a controlar as políticas sociais e econômicas do Estado em favor, acima de tudo, de seus próprios interesses..

A palavra, como tal, vem do grego ὀλιγαρχία (oligarquia), que é composto pelas raízes gregas ὀλίγος (olígos), que significa 'poucos', e ἄρχω (arko), que podemos traduzir como 'regra' ou 'comando'. Em suma, significaria "governo de poucos".

O termo também se aplica a grupos sociais que monopolizam a economia, poder político e influência cultural de um país, independentemente de a democracia ser o sistema político atual. No entanto, um regime oligárquico é mais como uma ditadura ou uma tirania do que uma democracia.

Veja também:

  • Ditadura.
  • Tirania.

Assim, existem diferentes tipos de oligarquia: oligarquia financeira, que controla o sistema econômico; oligarquia do proprietário, composto pelos principais proprietários de terras (como porfiriato, no México); Oligarquia crioula, formado por famílias privilegiadas pelo sistema colonial.

Outro exemplo de oligarquia, muito comum em nossos dias, ocorre quando os militantes do mesmo partido político ocupam os mais altos cargos do governo e assumem os mais altos cargos na administração pública.

Esses esquemas sociais oligárquicos ocorreram ao longo da história em várias civilizações, européias, africanas, asiáticas ou americanas, e continuam em vigor em muitas partes do mundo..

Veja também: Oligarca.

Oligarquia segundo Platão

Na Grécia antiga, Platão identificou na oligarquia uma forma degenerada de aristocracia. A aristocracia, que significa em grego "o governo dos melhores", era o sistema político em que um pequeno grupo de nobres, respeitosos com as leis, governava o Estado pelo bem comum.

A oligarquia, por outro lado, significava a degeneração da aristocracia. Era composta, também, por alguns, quem dirigia os destinos do Estado, mas, diferentemente da aristocracia, agiam sem respeitar as leis e apenas buscando satisfazer suas ambições pessoais..

Veja também Aristocracia.