Significado da Observação

O que é a observação:

Observação É a ação e o resultado da observação. Também é usado para nomear uma nota por escrito para esclarecer ou especificar um ponto duvidoso. Também pode ser um comentário ou uma indicação. A observação também é uma técnica para coletar informações usadas, por exemplo, para conduzir uma investigação ou avaliação. Esta palavra vem do latim observando, -ōnis.

Observação científica

A observação científica é uma estratégia usada pelo método ciêntifico. Caracteriza-se por ser um processo rigoroso de pesquisa que permite obter informações, descrever situações e hipóteses contrastantes. Esse tipo de observação consiste em uma percepção intencional, seletiva e interpretativa. O observador concentra sua atenção em uma sobre-situação, fenômeno ou objeto.

Tipos de observação

Dependendo da maneira como os dados são coletados, a observação pode ser qualitativa ou quantitativa. Dependendo do envolvimento físico do observador, a observação pode ser direta ou indireta. Dependendo do papel que o observador adota, ele pode ser um participante ou não. Dependendo do nível de sistematização, é possível distinguir entre observação sistemática e não sistemática. Dependendo do local onde ocorre, a observação pode ser de campo ou de laboratório. Dependendo do número de observadores, pode ser individual ou coletivo.

Observação qualitativa e observação quantitativa

O observação qualitativa É uma técnica de observação que se caracteriza por ter um menor grau de controle e sistematização na coleta de informações. Por outro lado, o papel do observador aumenta em que suas interpretações são levadas em consideração. Observação quantitativo é uma maneira sistemática de registrar informações, que geralmente é refletida numericamente e que reflete dados mensuráveis ​​ou objetivos por meio da observação.

Observação Participante

O observação participante É uma técnica para coletar informações que envolve a observação durante a participação nas atividades do grupo sob investigação. É usado em ciências sociais como a antropologia. Tem como objetivo fornecer informações relevantes através da participação do observador. Alguns dos elementos que devem ser levados em consideração são o grau de participação (ativa ou passiva), a maneira de acessar o grupo e o idioma utilizado. Alguns instrumentos para registrar informações podem ser documentos pessoais e descritivos, registros narrativos e mecânicos (fotografias, vídeos ...).

Observação direta e observação indireta

O observação direta É uma técnica para coletar informações nas quais o observador entra em contato direta e pessoalmente com o fenômeno a ser observado. Dessa forma, você obtém informações em primeira mão. O observação indireta Envolve a coleta de informações de dados fornecidas por outros assuntos. Podem ser informações que não podem ser observadas diretamente ou que seriam muito caras de executar, como rotinas pessoais.

Auto-observação

É uma técnica que envolve prestar atenção ao seu próprio comportamento e registrá-lo. É usado, por exemplo, para observar comportamentos pessoais e comportamentos secretos. Serve como estratégia de avaliação e tratamento.