Significado da sociologia

O que é sociologia:

Sociologia É uma ciência social que tem como objetivo estudar relações sociais que ocorrem dentro de uma população humana específica.

Nesse sentido, a sociologia é responsável por estudar, analisar e descrever a estrutura, organização e funcionamento das sociedades, bem como os comportamentos, tendências, fenômenos e problemas que são verificados no nível coletivo como resultado de atividades sociais..

Para isso, a sociologia utiliza diferentes métodos de pesquisa. Por um lado, o método qualitativo, focado na descrição e interpretação dos fenômenos, e, por outro, no método quantitativo, mais focado na representação estatística dos fenômenos sociais estudados..

Além disso, a sociologia é uma ciência interdisciplinar, que utiliza diferentes teorias, métodos e técnicas para a análise e interpretação das causas e efeitos dos fenômenos sociais..

Na história desta disciplina, Henri de Saint-Simon é considerado o pai da sociologia, Ele foi o primeiro a propor pesquisa e teorização científica de fenômenos sociais.

Outros autores importantes serão Augusto Comte, Karl Marx, Émile Durkheim, Max Weber ou Herbert Spencer, pensadores e intelectuais que no século XIX já haviam começado a refletir sobre a sociedade como objeto de estudo do ponto de vista científico..

A origem da palavra sociologia, por outro lado, está no trabalho de Augusto Comte, que, do latim voice socĭus, que significa 'parceiro', e o termo grego λóγος (logos), que significa 'tratado', 'estudo' ou 'ciência', cria neologismo da sociologia, em seu trabalho Curso de filosofia positiva, publicado entre 1830 e 1842.

Atualmente, a sociologia também é um carreira universitária em que o grau de graduação em sociologia é escolhido.

Ramos da sociologia

Sociologia da educação

A sociologia da educação refere-se ao estudo, descrição e interpretação dos fenômenos e da realidade educacional de uma sociedade específica.

Para tanto, a sociologia da educação utiliza conceitos, modelos e teorias (sociologia e psicologia, pedagogia ou antropologia) aplicadas ao campo da educação e ao fenômeno educacional como processo social.

Sociologia jurídica

Sociologia jurídica, ou sociologia do direito, é o estudo sociológico dos elementos do direito e sua relação com uma sociedade específica.

Nesse sentido, o objeto de estudo da sociologia jurídica são os fenômenos e a realidade social e a influência que estes exercem sobre a lei ou são determinados por ela..

Sociologia urbana e rural

Eles têm em comum a sociologia urbana e a sociologia rural têm como objeto de estudo o conjunto de relações e fenômenos sociais que ocorrem em ambientes específicos, como o campo e a cidade..

Nesse sentido, um e outro chegariam ao estudo, análise e descrição de todas essas características e problemas específicos da vida social que serão determinados pelo ambiente em que cada população vive..

Eles diferem, então, no tipo de população analisada, mas compartilham métodos de pesquisa e elementos de estudo.

Sociologia política

O estudo da política do ponto de vista sociológico é chamado sociologia política, ou seja, dependendo de sua relação com a sociedade.

Assim, a sociologia política tem como objeto de estudo o poder político, as classes sociais, a estrutura da sociedade e as relações que os cidadãos mantêm com o Estado..

Sociologia do trabalho

A sociologia do trabalho é chamada de declive da sociologia que se dedica ao estudo, descrição e análise das coletividades humanas formadas com o objetivo de trabalhar.

Dessa forma, seu foco de interesse são as relações sociais que surgem no contexto do trabalho, bem como suas características e problemas característicos..

Sociologia criminal

A sociologia criminal é o ramo do estudo sociológico que visa estudar o fenômeno social do crime. Seu objetivo é analisar e interpretar o conjunto de fatores sociológicos que intervêm em cada sociedade para a produção de crimes.

Nesse sentido, a sociologia criminal é uma disciplina com vocação norteadora para a luta contra o crime..

Sociologia industrial

A sociologia industrial é responsável pelo estudo e análise de fenômenos sociais que ocorrem em comunidades humanas que experimentam ou experimentaram processos de industrialização.

A industrialização é um processo que tem grande influência na configuração e estruturação das relações de trabalho que são estabelecidas dentro de uma sociedade, bem como nos conflitos que elas geram em uma população.