Significado de Rhesus

O que é Rhesus:

Rhesus, conhecido como fator RH, é um antígeno ou proteína presente nos glóbulos vermelhos de certas pessoas. Os indivíduos que apresentam a referida proteína em seus eritrócitos são RH + e aqueles que não a possuem são RH-.

As letras "RH" significam o termo Rhesus, descoberto em 1940 pelos médicos Alexander Wiener e Karl Landsteiner, que identificaram esse antígeno no sangue de macacos chamados Rhesus macacus, observando que 85% do sangue humano é comportou-se da mesma maneira neles e 15% de maneira diferente.

O sistema ABO é o sistema de classificação de 4 grupos sanguíneos: "A", "B", "AB", "O" e cada um possui um antígeno que os diferencia. Devido ao experimento com o Rhesus macacus, foi descoberto um grupo de antígenos “D” chamados Fatores de Rhesus ou Fator RH, pelo qual os Vacina Rhesuman ou Rhogam que elimina o anti-RH, que deve ser aplicado cerca de 28 semanas de gravidez e dentro de 72 horas após o parto, a fim de evitar a doença da eritroblastose fetal ou a morte do recém-nascido, se muito grave pode realizar transfusões de sangue na gravidez.

Por tudo isso, é importante monitorar a presença de anticorpos durante a gravidez por meio de exames de sangue, durante o primeiro trimestre, sexto, oitavo e nono meses.

Doença de FC

Doença hemolítica do recém-nascido ou perinatal é um distúrbio sanguíneo devido à incompatibilidade entre a UR da mãe e a UR do feto, ou seja, quando a mãe é RH e o filho é RH +, os glóbulos vermelhos do feto podem passar para a corrente sanguínea da mãe através da placenta e seu sistema imunológico trata as células fetais RH + como uma substância estranha e cria anticorpos contra elas, podendo passar o feto pela placenta e destruir seus glóbulos vermelhos, causando sintomas como: cor amarela da pele bebê, esclera dos olhos, tônus ​​muscular baixo, letargia, entre outros.

Como resultado do exposto, o grupo sanguíneo de ambos os pais deve ser determinado para aplicar o tratamento indicado e prevenir a doença acima mencionada, ou se for necessário realizar transfusões ou substituir o sangue do bebê, conhecido como transfusão de troca sanguínea, pelas células sanguíneas vermelho e cujo fator Rh é negativo, minimizando os danos que podem causar a circulação de anticorpos RH já presentes no fluxo sanguíneo do bebê.