Significado da reação endotérmica

O que é uma reação endotérmica:

Uma reação endotérmica é um tipo de reação química na qual a energia é consumida na forma de calor, de modo que o produto obtido tenha uma energia maior que os reagentes iniciais.

O termo endotérmico tem raízes gregas: "endo", que significa interior, e "garrafa térmica", quente, o que significaria absorver calor.

Para entender como uma reação endotérmica funciona, é necessário entender o conceito de entalpia, que é a quantidade de energia que um determinado sistema pode absorver ou liberar no ambiente. Então, em uma reação endotérmica, a variação de entalpia é maior que zero (ΔH> 0).

Como os produtos resultantes são mais energéticos que os reagentes iniciais, é necessária a absorção de energia do ambiente para atender a essa necessidade. Esse processo gera uma quebra nas ligações ativas e é quando a reação endotérmica ocorre.

A energia absorvida na forma de calor deve ser retirada de algum lugar, neste caso, do ambiente ou ambiente imediato; portanto, em muitas reações endotérmicas, o processo envolve uma queda de temperatura.

Veja também

  • Reação exotérmica
  • Reação química

Exemplos de reações endotérmicas

Os exemplos mais comuns de reações endotérmicas são encontrados na cozinha. Fazer um pão requer uma fonte de calor, que será absorvida pela massa, para que ocorram as reações químicas necessárias que darão como produto final um pão assado.

Outros exemplos de reações endotérmicas seriam:

  • Produção de ozônio: moléculas de oxigênio absorvem energia da radiação ultravioleta e tornam-se ozônio (03).
  • Obtenção de sulfeto de ferro: para obter este componente é necessário combinar ferro com sulfeto de hidrogênio, portanto é necessário aplicar calor para estimular a reação endotérmica.
  • Hidrólise: é o processo no qual as moléculas de hidrogênio e oxigênio que compõem a água são separadas pela ação da energia elétrica.