Significado da química orgânica

O que é química orgânica:

A química orgânica estuda a reação química, propriedades e comportamentos de estruturas baseadas em moléculas de carbono e seus compostos.

O importância da química orgânica reside no conhecimento molecular do carbono, uma vez que está presente em todos os seres do planeta Terra, interagindo com o meio ambiente, como no ciclo do carbono.

Veja também:

  • Reação química
  • Ciclo do carbono

O química inorgânica ou também chamado química mineral estuda os corpos que não contêm carbono em suas moléculas.

Veja também: Química inorgânica.

Nomenclatura orgânica

A nomenclatura usada atualmente na química orgânica é um sistema implementado pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), também chamada de nomenclatura sistemática.

A nomenclatura orgânica é basicamente composta por um prefixo e um sufixo. Ele prefixo Determine o número de átomos de carbono que existem da seguinte maneira:

  • 1 carbono: encontrado-
  • 2 carbonos: et-
  • 3 carbonos: suporte-
  • 4 carbonos: mas-
  • 5 carbonos: pent-
  • 6 carbonos: hex-
  • 7 carbonos: hept-
  • 8 carbonos: outubro-
  • 9 carbonos: não-
  • 10 carbonos: dec-

Ele sufixo da nomenclatura orgânica determina a classe de composto orgânico. Os hidrocarbonetos, por exemplo, são compostos orgânicos que contêm apenas carbono e hidrogênio em suas moléculas e, dependendo do tipo de carbono híbrido, o sufixo será diferente:

  • Sufixo alcano: -ano. Exemplo: metano, propano.
  • Sufixo alcenos (ligações duplas de carbono): -eno, -dieno, -treno e assim por diante.
  • Sufixo alcinos (ligações triplas de carbono): -ino, -diino, -triino e assim por diante.
  • Sufixos alcenos e alcinos compostos com ligação dupla e tripla de carbono: -enos. Exemplo: eteno, propeno e etino. Eles também são conhecidos na nomenclatura vulgar como etileno, propileno e acetileno.

Veja também Propriedade química.