Significado de Psicologia

O que é psicologia:

A psicologia é uma disciplina que visa analisar os processos mentais e comportamentais dos seres humanos e suas interações com o ambiente físico e social.

A palavra "psicologia" vem do grego psicopata ou psykhé, que significa "alma", "psique" ou "atividade mental" e de loggia, o que significa 'estudo' ou 'tratado'. Portanto, psicologia significa estudo ou tratado da psique.

Segundo o psicólogo austríaco H. Rohracher, a psicologia é a ciência que estuda ou investiga processos e estados conscientes, bem como suas origens e efeitos..

Dentro da psicologia, pelo menos duas abordagens são possíveis e justificáveis: a das ciências naturais, que busca uma explicação causal, e a das ciências filosóficas, que busca uma explicação do significado e do significado.

Grande parte da pesquisa em psicologia é realizada através do método de observação sistemática. Em alguns casos, a observação pode ser ocasional..

Origem e desenvolvimento da psicologia

Filósofos antigos, como Sócrates, Platão e Aristóteles, eram precursores da psicologia, enquanto refletiam sobre a alma humana e sua maneira de se relacionar com o mundo..

O mesmo foi feito por autores posteriores, como São Tomás de Aquino na Idade Média, Descartes no Renascimento, Christian Wolf e Immanuel Kant, apenas para citar alguns.

A psicologia com orientação naturalista teve seu auge no século XIX. Foi associado à fisiologia sensorial de J. Müller e H. Helmholtz, e à invenção dos métodos psicofísicos de medição de EH Weber e G. Th. Fechner.

Em 1879, a psicologia experimental surgiu na Alemanha com Wundt, que fundou o primeiro laboratório de psicologia experimental. Foi a partir daí que a separação entre filosofia e psicologia ocorreu.

Logo a psicologia expandiu-se através da investigação do pensamento, da vontade, dos reflexos condicionados (Pavlov), da introdução da análise fatorial (Ch. Spearman) e, finalmente, da medição da inteligência (A. Binet).

Veja também:

  • Psique
  • Soul

Principais correntes da psicologia

As correntes psicológicas conhecidas hoje se originaram das seguintes linhas principais:

  • A Gestalt: baseado na psicologia da forma, criada por Christian Von Ehrenfels em 1890.
  • Psicanálise: refere-se à psicologia analítica desenvolvida pelo médico e neurologista austríaco Sigmund Freud (1856-1939).
  • Behaviorismo: atual focada na análise do comportamento humano com base nas contribuições de Pavlov.
  • Psicologia Cognitiva ou Cognitivismo: atual dedicada ao estudo dos processos de cognição ou aquisição de conhecimento. Foi dirigido por Jerome Bruner e George Miller.

Além dessas correntes, existem muitos ramos da psicologia. Entre eles podemos citar: humanismo, funcionalismo, psicologia sistêmica, psicobiologia, psicologia fisiológica, funcionalismo, associacionismo e estruturalismo.

Dentro da psicologia básica, existe psicologia evolutiva, psicologia da aprendizagem, psicologia da arte, psicopatologia e psicologia da personalidade.

Dentro da psicologia aplicada, há psicologia clínica, psicologia infantil, psicologia educacional, psicologia social, psicologia ocupacional (psicologia do trabalho e organizacional), psicologia da saúde, psicologia de emergência, psicologia psicologia comunitária e forense.

Veja também:

  • Gestalt
  • Psicanálise
  • Behaviorismo

Psicologia clinica

A psicologia clínica é o campo que estuda e analisa os processos mentais e comportamentais do paciente, a fim de aliviar sua dor e melhorar sua condição humana, para que ela seja integrada à sociedade.

Veja também Psicologia Clínica.

Psicologia social

O objetivo do estudo da psicologia social é o comportamento social do ser humano no contexto coletivo. Analisar fenômenos como reunião ou reunião social, interdependência e interação social.

Veja também Psicologia Social.

Psicologia do trabalho

A psicologia do trabalho, também chamada psicologia do trabalho, ocupacional ou organizacional, estuda o comportamento humano dos trabalhadores nas organizações e instituições. Também intervém nos processos trabalhistas e na gestão de recursos humanos.

Veja também Psicologia do Trabalho.

Psicología infantil

A psicologia infantil é a área da psicologia evolutiva que lida com a pesquisa e o estudo de manifestações psíquicas na infância até a adolescência. Além de registrar cada um dos estágios evolutivos, várias funções são investigadas em particular, como a evolução da fala, memória, sentimentos de valor, etc..

Veja também psicologia evolucionária.

Psicologia das cores

A psicologia da cor analisa o efeito que as cores exercem sobre a percepção e o comportamento humano. É aplicado nas áreas de design e marketing, a fim de enviar mensagens e causar comportamentos específicos nas pessoas. De acordo com essa teoria, algumas das emoções que as cores transmitem são:

  • Amarelo: otimismo
  • Laranjeira: bondade e simpatia
  • Vermelho: emoção, atenção
  • Roxo: criatividade e mistério
  • Azul: confiança e força
  • Verde: paz, orgânico
  • Cinza: equilíbrio e calma

Veja também:

  • Psicologia inversa
  • Psicologia Forense