Significado de Peste

O que é a Praga?

A peste é uma doença infecciosa e altamente contagiosa, causada por uma bactéria chamada Yersinia pestis. Esse tipo de bactéria é proveniente de roedores (ratos, camundongos, esquilos) e é transmitido por insetos que entram em contato com eles, como moscas e pulgas..

As bactérias são espalhadas por picadas de insetos infectados em animais e humanos. Depois que um ser humano é infectado por uma mordida, ele pode infectar outros por expulsão inconsciente de saliva contaminada.

Infelizmente, não há vacina para esse flagelo. No entanto, hoje em dia a praga pode ser curada através de um forte tratamento antibiótico.

Por não ter uma vacina até o momento e por causa de sua natureza altamente contagiosa e prejudicial, a peste é uma doença que causou diferentes epidemias e pandemias ao longo da história, o que deixou uma marca na cultura.

Por isso, a palavra "praga" é aplicada por extensão às várias doenças sem cura que açoitaram a humanidade. Por exemplo: "A AIDS é uma praga dos tempos modernos".

A palavra também se refere a maus cheiros, no sentido de "pestilência". Exemplo: "Que pestilência existe neste lugar!".

Da mesma forma, a palavra é usada figurativamente para sugerir que algo ou alguém é um fator de dano, corrupção ou desconforto, e que infecta um ao outro. Por exemplo: "Políticos corruptos são uma peste".

Da mesma forma, quando uma pessoa fala mal de outra, ou quando está muito chateada e se expressa violentamente, diz-se que ela "peste". Por exemplo: "Ele saiu de lá jogando pragas pela boca". "Mauricio estava falando sobre pragas de Carmela".

Tipos de peste

Do ponto de vista clínico, são conhecidos vários tipos de peste. A saber:

  • Peste bubônica: A peste bubônica é caracterizada por dor, febre, calafrios e sensibilidade dos gânglios linfáticos. Essa sensibilidade provém da inflamação das amígdalas, adenóides, baço e timo..
  • Peste septicêmica: Além de causar os mesmos sintomas de febre, dor e calafrios, a peste septicêmica é distribuída pelo sangue, causando sangramento em diferentes órgãos, incluindo a pele.
  • Peste pneumônica: A peste pneumônica é a mais séria de todas as manifestações da peste, pois ataca o sistema respiratório, especialmente os pulmões, o que causa pneumonia.

A praga na história

Ao longo da história da humanidade, a praga foi responsável por várias crises de saúde, isto é, por várias epidemias.

O primeiro registro é que a praga já havia causado estragos entre os séculos VI e VIII, quando recebeu o nome de "praga Justiniana". Desde Pelusium, ponto de origem, se espalhou para Alexandria e Constantinopla.

Na Idade Média, a peste negra dizimou pelo menos um terço da população da Europa e, portanto, é considerada um ponto de referência para determinar o fim desse estágio histórico e o início do Renascimento..

Um terceiro momento de terror sanitário com a praga ocorreu na China no final do século XIX e chegou a ser sentido em várias ilhas do Caribe. Na China, a praga do século XIX matou cerca de 10 milhões de pessoas.

Veja também:

  • Epidemia.
  • Pandemia.