Significado de ontológico

O que é Ontológico:

Ontológico é o adjetivo que indica que algo está parente ou pertencente à ontologia, isto é, para o ramo da filosofia metafísica que estudar a natureza do ser como ser, e procura determinar as categorias fundamentais de existência e realidade, bem como a maneira como elas se relacionam. Filósofos como Parmênides e Platão eles lançaram as bases de pensamento ontológico, que depois Aristóteles abordaria mais amplamente em seu livro Metafísica.

Etimologicamente, sua origem é encontrada no termo grego ὄντος (onts), que significa 'ser', 'entidade' e λóγος (logotipos), que traduz 'ciência, tratado'; e o sufixo espanhol -ico, -ica, que designa que algo é "relativo a".

Argumento ontológico

Curtir argumento ontológico sabe-se que o raciocínio clássico de Santo Anselmo de Canterbury proclama a priori o existência de deus. Nesse sentido, seu argumento se baseia no fato de que, se somos capazes de conceber a idéia da existência de Deus, é porque, de fato, existe.

Ontológico em Direito

Em Direito, o ontológico refere-se ao ontologia legal, que é uma ramo da filosofia do direito cujo objeto de reflexão é a própria natureza ou essência do ser do direito. Nesse sentido, tenta desvendar o que torna algo legal, para o qual considera, por um lado, o objeto e a lógica do Direito e, por outro, postula as características que o tornam único e determinável (normas, comportamentos valores legais), possuidor de uma realidade que possui um ser próprio e peculiar.

Conceito de doença ontológica

Ele conceito de doença ontológica surge no século XVII, como um produto das observações clínicas feitas pelo médico inglês Thomas Sydenham, que se dedicou a desvendar e entender o que é uma doença, qual é a sua natureza e quais são os seus sintomas, características e peculiaridades. A doença, assim, tornou-se, do ponto de vista ontológico, uma entidade mórbida abstrata, considerada de acordo com suas particularidades, independentemente do paciente.