Significado de Nutrição Heterotrófica

O que é nutrição heterotrófica:

Nutrição heterotrófica É aquele realizado por todos os seres vivos que precisam se alimentar de outros seres ou organismos, em que substâncias orgânicas são transformadas em nutrientes e energia necessários para viver.

Aqueles que carregam nutrição heterotrófica são seres vivos e organismos como seres humanos, animais, protozoários, fungos e várias bactérias.

Seres heterotróficos são muito mais abundantes que organismos autotróficos, que são aqueles que produzem seus próprios nutrientes a partir de substâncias inorgânicas.

Porém, seres heterotróficos não têm a capacidade de transformar matéria inorgânica em matéria orgânica, então eles dependem dos elementos orgânicos sintetizados por outros organismos.

A nutrição heterotrófica ocorre quando seres heterotróficos consomem alimentos digeridos e assimilados pelas células do corpo responsáveis ​​pela absorção da matéria orgânica, que é convertida em nutrientes, vitaminas, minerais e energia, os quais são obtidos a partir de proteínas, lipídios e carboidratos.

Tipos de nutrição heterotrófica

Existem diferentes tipos de nutrição heterotrófica, dependendo de como sua comida é obtida.

  • Nutrição Holozoica: Refere-se a animais que comem toda a comida. Essa nutrição ocorre principalmente nos animais, como os humanos, que possuem um sistema digestivo especializado que permite a ingestão de alimentos sólidos que passam por um processo de ingestão, digestão e absorção de nutrientes..
  • Nutrição saprotrófica: refere-se a organismos que se alimentam de matéria orgânica em decomposição ou detritos orgânicos sem vida, por exemplo, bactérias, larvas, fungos, bolores ou leveduras. Este tipo de nutrição é importante porque permite a reciclagem de matéria orgânica de plantas e animais.
  • Nutrição parasitária: Também é conhecido como parasitismo. Esse tipo de nutrição heterotrófica é típico de organismos que se alimentam de outros seres vivos sem matá-los, por exemplo, vermes, piolhos, carrapatos, entre outros..

Veja também Nutrição.

Estágios da nutrição heterotrófica

Abaixo estão os estágios em que a nutrição heterotrófica ocorre.

  • Captura: ocorre quando as células capturam partículas de alimentos através de banheiras de hidromassagem criadas a partir de cílios ou flagelos, ou gerando pseudópodes, para cercar os alimentos.
  • Ingestão: A célula introduz alimentos em um vacúolo ou fagossomo. No entanto, algumas células ciliadas têm um citossoma capaz de fagocitar a comida.
  • Digestão: Nesse processo, os lisossomos espalham suas enzimas digestivas no fagossomo, que serão transformadas em vacúolos digestivos. Ou seja, a matéria ingerida é transformada em substâncias, moléculas ou nutrientes mais simples que o corpo pode absorver e, por sua vez, que pode ser usado pelas células.
  • Absorção: processo no qual os nutrientes passam para as células e circulam entre elas para absorver os nutrientes necessários para o organismo.
  • Metabolismo: fase em que ocorrem transformações químicas nas células e que possibilita a realização de várias funções vitais, como reprodução, crescimento ou respostas a estímulos.
  • Excreção: fase em que os restos dos produtos gerados durante o metabolismo e que não podem ser utilizados como amônia ou dióxido de carbono são removidos.

Ver Digestão.

Nutrição autotrófica

A nutrição autotrófica refere-se a organismos que têm a capacidade de produzir seus próprios alimentos a partir de substâncias inorgânicas que se transformam em orgânicas, através de vários processos químicos. Em geral, organismos autotróficos geram seus alimentos usando energia luminosa ou reações químicas.

Veja também Nutrição Autotrófica.